Blog

Riscos da falta de óleo no motor

Falta de óleo no motor

A lubrificação do motor é essencial para o bom desempenho do seu veículo. O óleo não só ajuda a reduzir o atrito entre as peças, como também mantém a temperatura do motor, evitando o superaquecimento. Por isso o óleo precisa ter qualidade, mas também deve estar dentro do nível ideal. Entenda porque a falta desse fluido pode trazer consequências graves.

O que acontece na falta de óleo

Sempre que há algo de errado com seu veículo, ele dará sinais, seja algum barulho incômodo, a perda de potência ou uma luz que não pára de piscar no painel. Com o óleo é a mesma coisa e ignorar esses avisos pode custar muito caro para o seu bolso.

Quando há falta de óleo no cárter, haverá pouca lubrificação das peças o que leva à aceleração do desgaste. Ou seja, elas podem parar de funcionar e precisar serem trocadas. Com o motor, o problema pode ser ainda pior. A falta de óleo pode levar ao superaquecimento do motor que acaba se fundindo.

Por isso a recomendação é ficar sempre de olho no nível de óleo e não deixar passar o prazo de troca. Pode ser que o óleo esteja baixo apenas pelo tempo de uso, mas se você está trocando o óleo com frequência e o carro está perdendo potência, provavelmente há algum vazamento que precisa ser corrigido rapidamente.

Nesse caso, faça uma visita ao mecânico para a revisão e realize a troca do óleo com um profissional especializado. Saber verificar o óleo e trocá-lo é fundamental para evitar problemas.

Você pode verificar o prazo para troca do óleo no manual do seu veículo. Mas em geral, a troca deve ser feita a cada 10.000 km ou 12 meses.

Qual o nível ideal de óleo?

O reservatório de óleo apresenta dois níveis que não devem ser ultrapassados, o “mínimo” e o “máximo”. Abaixo do marco mínimo, significa que há falta de óleo e você precisa fazer a troca o quanto antes. Acima do nível máximo indica excesso, o que pode exigir uma drenagem para evitar transbordamento.

Para verificar o nível de óleo, o veículo deve estar estacionado em um local plano, pois a inclinação afeta o resultado. Você também precisa aguardar que o carro esfrie, que é o tempo necessário para o óleo que estava circulando pelo motor retorne ao reservatório. Utilize uma vareta limpa para fazer a medição. Esse processo pode ser feito semanalmente.