O MESMO LUBRIFICANTE VAI EM CARROS E MOTOS

Ao passo que nos carros há um lubrificante específico para o motor e outro para a caixa de transmissão, na maioria das motocicletas com motores 4 tempos, o mesmo óleo lubrifica cilindros, pistões, caixa de marchas e embreagem. Essa particularidade técnica deixa claro que não é recomendável utilizar óleos para automóveis em motocicletas e vice-versa. A utilização de um óleo delineado para carros em uma moto, por exemplo, pode ocasionar problemas em sua embreagem.
Outro aspecto que se leva em conta no desenvolvimento de óleos para motos é a rotação do motor. Motores de motocicletas atingem rotações mais altas que os de automóveis, fazendo com que atinjam temperaturas mais altas também. O óleo lubrificante deve, portanto, ser capaz de operar em temperaturas mais elevadas.
As diferentes condições de operação fazem com que existam diversas particularidades de lubrificação e aditivação em fluidos lubrificantes desenvolvidos para motos. Deve-se sempre seguir a recomendação do fabricante na hora de escolher o óleo certo para o seu veículo!

Desenvolvido por: DMI software