Blog

HIGIENIZAÇÃO DO AR CONCIONADO

Na cidade em que vivemos, a quantidade de partículas suspensas no ar que respiramos é muito grande. O filtro de cabine serve para reter essas partículas antes que entrem na cabine do veículo e, consequentemente, em nossos pulmões. Ele precisa ser trocado (e os dutos, higienizados) periodicamente, pois acaba perdendo eficiência quando fica saturado, podendo bloquear quase totalmente a ventilação do carro. Não existe uma quilometragem exata para a substituição. A necessidade vai depender do estado do filtro, ou seja, do quanto ele foi exposto à poluição.
Outra questão é que, com o ar-condicionado ligado, a umidade do ar condensa-se na superfície do evaporador, peça responsável pelo resfriamento do ar. Quando desligamos o aparelho, o evaporador esquenta e, se estiver sujo, o ambiente fica propício ao desenvolvimento de fungos e bactérias.
Fazer uso do ar-condicionado automotivo sem a devida higienização representa um grande risco à saúde, principalmente das crianças e de quem possui histórico de problemas respiratórios.
A higienização deve ser a etapa mais frequente da manutenção preventiva. Ela consiste na aplicação de um produto que elimina fungos, bactérias e ácaros de todas as peças e dutos por onde circula o ar e também da cabine do carro.
A manutenção corretiva se torna necessária quando o aparelho já está com um cheiro forte de mofo ou algo parecido. Neste caso, a higienização comum não será suficiente para manter a qualidade do ar. O evaporador provavelmente está cheio de sujeira e precisa ser removido para que se faça uma limpeza mais pesada. É preciso desmontar todo o painel do veículo para se chegar até ele e, então, todas as peças têm que ser retiradas e limpas. Esse serviço pode levar alguns dias e sair caro, portanto, o melhor é fazer sempre a higienização preventiva do sistema!
A Via Lubrificantes trabalha com a higienização preventiva. Venha até uma de nossas unidades e garanta a saúde do seu sistema de ar-condicionado!